sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Sem Rima nem Nada...



--------------------------


A manhã despertou cheia de medos....

nuvens pesadas de grossas gotas....

os sonhos da noite se escondem nos armários,

e rescende um cheiro de café...

cheiro amargo de dúvida,

cor sem brilho de solidão....

lá fora está como o meu coração...



--------------------------

3 comentários:

Beta Profice disse...

Aproveita esse dezembro e desenhe um sol na janela, pinte de amarelo-coragem, com um céu azul-esperança...Passe uma borracha nessas dúvidas menina, e rasgue em pedacinhos a solidão...Coragem, fé e sorrisos pra ti!
Meu beijo muitooo grande*
=)

Jaiii disse...

simplismente perfeito!
bem qw dizem qw quando estamos com sentimentos de tristeza escrevemos
muito bem poesia
amei♥

Gustavo disse...

show de bola nineeeee, esse me fez sentir com inteligência e pensar com emoção!

Ocorreu um erro neste gadget