sábado, 11 de julho de 2009

Chuva


Hoje não choveu!
Eu acordei, e vi a luz do sol pelo vitrô... Era uma luz forte, dessas que esquentam as pestanas adormecidas ainda, sonhando...
O céu estava normal, e a rua inquieta...Meus passos apressados, levaram-me aonde pretendia...
Aí, caiu aquele chuvisco fino, que não molha, que só faz cócegas nas bochechas...
Mas eu queria chuva...
Queria que o céu estivesse cinza-grafite, quase negro...Da cor de asfalto mole.
Queria todas as nuvens pesadas, a derramar caudalosamente, uma chuva demorada...Dessas feito tempestade...Dessas que fazem barulho alto, que molham todas as árvores, e derrubam as folhas dos galhos...
Dentro de mim, chove muito,
mas minhas lágrimas não podem molhar toda a humanidade... Nem ao menos meu próprio peito!
Hoje não choveu,
embora tenha pedido pela chuva;
o frio aguado, cortante,
agente de cachecóis e luvas...
Eu ia sair com minha poética nua,
toda descoberta ela,
ia deixar ela na chuva, embaixo do céu-noite escura...
Ia deixar ela tomando neblina, ficando da cor de seda alva...
Minha poética morena...toda molhada estaria...
Mas hoje não choveu,
e minha poética está intacta...
Orvalhada, só,
pelo chuvisco do céu prata,
inundada pelos raios claros do céu cansado...
Não choveu hoje, não choveu...
Amanhã, não quero chuva... Quero que a poética não acorde!!!

7 comentários:

. disse...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!
(Florbela Espanca)

Aline, sua poesia é ATP: dá energia, cria calor, satisfaz as mais diversas necessidades...
BJoss...
{^.^}

~~* Lila *~~ disse...

Nhaim *-*
adorei o seu comentario!
Adorei seu post ^^
bjus

Bárbara Lima disse...

Oi, não sei se gostas de estranhos por aqui, mas eu conheci teu espaço por uma amiga que te segue e tomei a liberdade de comentar... Amei teu blog, teus post...Gosto de poesias e de todos que as fazem muito bem...

Muito bom!

Rayza Santiago disse...

deu pra sentir o que voce queria passar.

por alguns momentos eu ate queria chuva tambem, acho q meus dias têm sido assim.

mas depois passa. prometo.

beijos, boa semana o/

Luana disse...

Aline vc sem duvida é poeta nata, nao precisa de mais nada, vc esta pronta e acabada,que a sua poesia posso chegar a todos aqueles que tem a sensibilidade de entender e sentir o q vc quer dizer e expressar.
Bjos saudades Lua

QueL MoraeS disse...

Nineee!
"Butucoo aki, butuco ali, butuco lá" e descubro [mais] pérolas no seu bloguinho...
HUahuUAhuhauahu
Esse eu naum tinha lido ainda..
Ameei²!
SDD's imeeensas!
Beijo!

M. D. Amado disse...

"Minha poética morena...toda molhada estaria...
Mas hoje não choveu,
e minha poética está intacta...
Orvalhada, só,
pelo chuvisco do céu prata,"

Que isso... Muito bom! Deu vontade de ficar debaixo de uma chuva de poemas e do orvalho de Nine.

Ocorreu um erro neste gadget