quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

bem vindo, velho ano novo...


Mais uma volta completa, e voilà!!!!
ano novo....
mais um dia, seguido de outro dia....
mais um velho ano novo, na sequencia de séculos e séculos...
Poderia ter comemorado meu ano novo no dia das teses de abril....
para mim, é como se abrissem as gavetas para sair o cheiro de mofo....
um pouco de naftalina...mas continua o velho guarda roupa...
agora tenho que arrumar tudo de novo...
vamo nessa então 2009...

Um comentário:

Beta Profice disse...

Arrumar tudo de novo, já é novo! O cheiro de naftalina a gente remove com água e sabão, as lembranças, não...Essas a gente perfuma a gaveta e guarda, impossível jogar fora todas as que foram ruins, essas você coloca justamente no cantinho mais perfumado, um dia nelas vc sente cheiro de flores, e até, quem sabe consegue sorrir com elas?...Essa é a vida, minha querida...E não precisamos ser poetas pra desvendar, precisamos ser humanas e somos, eu e você.E por te sentir tão humana que sorrio a cada comentário seu, e a cada elogio percebo que meu dom não é o da palavra, mas o de tocar corações encantadores, como o seu, que tornam-se transparentes e por vezes tão nítidos que saem através do teclado, do lápis, pelas letras dessa nossa "quase poesia" cotidiana...Também te admiro!Muito! =)
BEijos enormes*

Ocorreu um erro neste gadget