quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Relatividade...

Em sentido inverso, minha vida descarrilha no horizonte trêmulo...
É vista linda, o futuro invertendo-se sobre si mesmo,
Como uma curva-tempo-espaço feita em velocidade da luz!!!
O passado desprende-se do agora,
E monta-se como regolito disperso na ocasionalidade do pensamento...
Pensamento –lembrança,
Qual filme de péssima qualidade e cheio de ruídos...
Faz-se verdade fossilizada do sentimento que fica,
E move-me para o que vem à frente...

Sem sentido, minha vida insere-se na rima,
Invertendo as considerações que fazia sobre os temas...
Se romance, se sobressalto, se bestialidade,
Solene é o meu tom de apostasia, e lugubridade...
Verdades invertidas pelo Acaso,
Ou Descaso das partes...

6 comentários:

Luan Fernando disse...

É tão interessante analisar que tudo nesse mundo está interligados. Seja os sentimentos ou suas sensações. Tudo tem um motivo para acontecer...

ERICK MOURA disse...

Caro amigo(a), hoje venho dar-lhe a notícia de que o circo irá voltar dia 11/01/10.
Junto com o blog, voltarei a aparecer mais por aqui comentando nos textos.
Aguardo sua presença no dia da volta.
Abraço.

Rodrigo Fenty disse...

Às vezes paramos e ficamos admirados como esses "filmes" que passam pela nossa cabeça são capazes de nos influenciar, às vezes a lembrança pode ser a pior das coisas, pior até do que um ato... A partir do momento que o passado se desprende do agora(presente) ficamos mais leves pelo simples fato de termos aquela sensação de vida nova, pelo menos no meu caso. Seu texto está maravilhoso como sempre e esse foi bastante complexo, me diga se minha opinião fugiu a sua ideia.

Nesses últimos dias não estou conseguindo escrever, alguma coisa me falta...mas estarei sempre dando uma conferida aqui, o que é um grande prazer para mim...

Bj grande Nine!!

Cau Metal Amorim disse...

muito louco esse poema!!
sinto q a idéia principal é q o passado sempre estará presente em nossas vidas
ele tbm é inspirarão..
é isso?!

te gosto muito muleca!!..
continue sempre escrevendo loucamente =)
bju!..

disse...

WOW

QueL MoraeS disse...

Viver é isso, nem sempre se pode rimar, ou manter as convicções sem algumas "reformas".
Grande beijo!

Ocorreu um erro neste gadget