sábado, 27 de fevereiro de 2010

Bebamos, até o fim...


Abdico de todas as forças, de toda a vida e energia armazenada em minha matéria...
Só desejo a ti ó morte, e dedico a minha fidelidade.
Ansiosa espero, teu momento sublime,
Em que todas as tormentas serão amenizadas, e toda dor extirpada.
No último suspiro, o beijo, que não encontrei em nenhum dos amantes. O beijo com doce amargo do verso, que inteiramente te dedico.
Desejo-te morte, com todas as células do meu corpo, que em vão esforço, entram em metáfase, prófase, anáfase, telófase até serem duas, quatro, oito...mil...milhares...milhões!
Abdico, de todos os pensamentos, de todas as idéias, que foram minha sentença.
Só desejo o meu momento a sós contigo, e depois só o silêncio.
Ansiosa espero o fim sublime.
Nos últimos suspiros, o farfalhar do teu serviço, gozando meu corpo, como o amante que jamais terei.
Desejo-te morte, porque não passo de uma fracassada. Uma que não soube lidar com a vida, e agora teme o futuro que escorre pelas mãos.
Preferia não ver o porvir, não ter que decidir, que sofrer...
Brindemos e bebamos!

11 comentários:

Allyne Araújo disse...

a morte pode vim de varios sentidos, partindo disso te garanto que ja morri mais de mil vezes só nesses poucos anos,rsrsr, coisa de louca, eu sei, mas é. A morte não é de toda ruim, digamos que seja o fim de uma fase, e dela que temos oportunidades de renascer novamente.. sei la, "tem mais coisas entre o céu e a terra, do que explica nossa vã filosofia". Quanto a ser fracassada, francamente nine, entendo que e poema, mas por favor, nao pense que vc é assim, mas sim que é do fracasso que a gente consegue forças pra se reerguer.. bjos e ate logo mais!!!

QueL MoraeS disse...

Realmente escolherias não sofrer?
Loucamente falando, sofremos porque vivemos antes, e escolhemos, e amamos, fizemos muito; [quase] tudo escolha nossa.
Talvez sofrimento rime com consequência...
Sei lá.
Beijooo!
;)

Luan Fernando disse...

Assim podemos perceber o que é certo,
e que todas as sentenças sejam reveladas, para que mesmo no sinlêncio tudo não passe de mentira.
Beijos
Juliane

Fumaça Subindo disse...

muito bom sua escrita

PATATIVA MOOG disse...

Menina linda,
obrigado por visitar meu blog, e pelos comentários sempre tão carinhosos! Já disse que adoro seus poemas, não disse? E que você escreve muuuuuuuuito bem!!!
Um beijo e boa semana pra você! :)

Rafael Castellar das Neves disse...

Nossa...deu pra ver a cena, sentir muitas coisas e também querer brindar: saúde!

Muito bom...

Cau Metal Amorim disse...

veja se isso tem haver!!http://www.youtube.com/watch?v=XDPh7duYiqM
bjo Nine..

Valéria disse...

Tem dias que morro, daí no outro estou lá para brinda-la, é assim a vida altos e baixo e vamos que vamos!

BeijooO'

WiLL (Tanti Moksha) disse...

A morte...

Uma grande conselheira é por ela que faço de meus momentos os mais intensos uso ela como uma sombra onde me deito as vezes para fugir do forte sol que é a vida...

Rene Serafim - "Juninho" disse...

sim... brindemos e bebamos!

disse...

Morte, só pras coisas ruins e negativas. Pra isso, desejo morte em mim. E com ela brindarei o recomeço da vida, que ela me dará. Acho que morro todos os dias um pouco, e recomeço. Só não gosto quando a morte é fim.

ADOREI *-*

Ocorreu um erro neste gadget