segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Niilismo

Caminhamos para a morte, a cada instante que se passa,
a cada consentimento não pensado,
a cada dia que acordamos bem dispostos, ou mesmo não dispostos (há também os que não acordam).
E é assustador, como somos 'passageiros', como nossa vidinha mísera se resume a um instante do presente, já que o dali a pouco não conhecemos.
A morte nos espreita, nos acaricia, nos molda,
Brinca conosco, como um predador com sua comida.E ficamos doentes, e buscamos cura, melhora, tentamos mascarar a verdade com fórmulas manipuladas, e algumas mentiras encobertas.
A vida, vai nos dando motivos, enredos, corda,
e nós, ávidos por futurinhos inventados e programados, laçamos a armadilha,
e nos enveredamos pelo caminho sem volta.
E o mundo, se desgoverna,
Gira, e nos manifesta gloriosa decaída, não por si, mas por ação conjunta e alienada de um que sapiens e ignora.
E no enlace mau, na arrancada triunfal da miséria sobre a terra, percebemos a vaidade instalada, o egoísmo, o sentimento aguçado de luta pela sobrevivencia.
Cada passo, guia para o abismo.
Há os que vão mais adiante, mas o fundo é destino de todos.
E como diria o sábio, em seu escrito,
'são mais felizes os que já morreram, dos que ainda vivem, mais felizes do que ambos é o que ainda não nasceu...' (eclesiastes 4)

8 comentários:

E.Suruba disse...

esse sábio é realmente sábio, triste também quem vive sem ter quem ama por perto

Johnny disse...

"Vou te encontrar
vestida de cetim,
pois em qualquer lugar
esperas só por mim.
E no teu beijo,
provar o gosto estranho,
que quero e não desejo.
Mas tenho que encontrar...

Vem, mas demore a chegar,
Eu te detesto e amo Morte.
Morte, Morte que talvez seja o segredo desta vida..."

***MissUniversoPróprio*** disse...

A cadência do teu texto me prende e inebria. Gosto demais. Sempre.

"E é assustador, como somos 'passageiros', como nossa vidinha mísera se resume a um instante do presente, já que o dali a pouco não conhecemos."

Verdade, é assustador, mas é delicioso.

Querida, cuida desse sentimento que está aí dentro, mas antes de declará-lo, procure ouví-lo, descobrir se é real, se é amor, ou se não passa de uma paixão que logo se desvanecerá.

Um beijão e obrigada pelo carinho!

***MissUniversoPróprio*** disse...

;) =***

disse...

UAU

Danii disse...

A morte é o destino de todos,inevitável.
Mas pior anda é esperá-la.
Se estamos aqui é pq Deus tem um propósito,às vezes é dificil de entender..mas fazer oq?! rs
Só não fico tão triste pois há uma vida melhor depois da morte do corpo..pra alguns!

Fica com Deus bjim :*

♥Lilinha♥ disse...

Kuanto tempo naum passo aki,
e sempre me surpreendo com as coisas ke escreve... a maioria das vezes me dá até inspiração...
a morte chega para todos, mas as vezes vem "antes do tempo" se é ke existe um tempo certo...

bjinhuuus

Luh* disse...

São mais felizes os que morreram!
fato!
beijos

Ocorreu um erro neste gadget